retorna
  :: Artigo selecionado
  A IMPORTÂNCIA DE ATIVIDADES LÚDICAS PARA ALUNOS COM NECESSIDADES VISUAIS
05/02/2013
Este foi um resumo de um trabalho que desenvolvi durante a graduação em uma escola com pessoas com necessidades especiais.

Área(s) de Atuação que o Presente Artigo trata
Biologia
Meio Ambiente e Biodiversidade
Bioética


Introdução Uns dos motivos que assinala a importância e a necessidade de explorar os sentidos disponíveis nas crianças com deficiência visual, como cita Masini (1993) é que através do esforço para realização de algo concreto possibilita-se que se elejam respostas às necessidades visuais, dessa forma, o aluno deficiente visual pode desenvolver-se, adquirir segurança e autonomia. O trabalho visou aperfeiçoar a interação de alunos com necessidades especiais visuais com o meio ambiente, proporcionando a participação destes em atividades lúdicas com o intuito de melhorar a relação dos mesmos com o ambiente que os cerca. Material e Métodos A execução do projeto foi desenvolvida no Instituto Estadual de Ensino Professor Annes Dias, localizado Cruz Alta/RS entre março e junho de 2009. Disponibilizaram-se 3 dias para observação dos alunos (6-36 anos) que frequentam a sala de recursos da referida instituição. Posteriormente, foram executas atividades para o estimulo dos demais sentidos destes alunos, onde cada atividade necessitou de 4 encontros. As práticas desenvolvidas foram: Separando objetos; Memória auditiva; Memória com texturas; - Pareando objetos; - Conhecendo os animas. Resultados e Discussão Observar como as pessoas com necessidades visuais se relacionam com o mundo demonstra que, na verdade, ao contrário do que muitos imaginam, eles tem poucas limitações, ou seja, conseguem levar uma vida quase normal, inclusive, superando pessoas de visão normal quando se trata do uso dos demais sentidos. O que eles necessitam é de estímulos para exercitar seus sentidos. A facilidade em executar as atividades demonstra o quanto eles foram estimulados ao longo de suas vidas, pois aqueles alunos os quais receberam ou disponibilizaram de ajuda, recursos e estímulos mais cedo, foram os que encontraram menores dificuldades nas atividades. Os materiais convencionais para a escrita e leitura nem sempre suprem as necessidades visuais. A não utilização de contrastes, bem como a ausência ou excesso de iluminação, podem ser fatores prejudiciais ao desempenho visual, gerando fadiga visual. Como conseqüência dessas situações, o escolar não recebe estímulo para a utilização do potencial visual e poderá estar fadado ao fracasso escolar de acordo com Gasparrtto (1997). Conclusão Para os alunos, foi de grande importância a realização das atividades. Através destas foi possível estimular ainda mais os sentidos, tirando eles da sua rotina e proporcionando o relacionamento com pessoas diferentes das quais estão acostumados a conviver.

Indique este Artigo enviando o Link:
http://www.crbiodigital.com.br/portal?txt=3977333137


 retorna

 

  :: Pesquisa Artigos
contenha a palavra 
Regional 
Nome do(a) Biólogo(a) 


pesquisar



Copyright 2007  -   contatocrbiodigital@crbiodigital.com.br  -   privacidade