retorna
  :: Artigo selecionado
  HÁBITO ALIMENTAR DE Pimelodus maculatus Lacepède, 1803 (SILURIFORMES, PIMELODIDAE), NA ÁREA DE INFLUÊNCIA DA UHE FOZ DO CHAPE
12/04/2010
Estudo alimentar da espécie Pimelodus maculatus na região do Alto Rio Uruguai.

Área(s) de Atuação que o Presente Artigo trata
Biologia
Ecologia
Ecologia de ecossistemas
Limnologia
Manejo e conservação
Meio ambiente
Zoologia


Jerri André BERTO[1], João Carlos MADALOZ FILHO[2]; Cristiano ILHA1; Francielle Cristina Luiz RAMOS[3]; Gilza Maria de SOUZA-FRANCO[4]; Jacir Dal Magro[5]

 

Introdução: O estudo da alimentação de peixes é uma ferramenta de grande valia na compreensão das interações das diferentes populações de uma ictiocinese. A dieta dos peixes é influenciada pela interação das preferências alimentares e a disponibilidade de alimentos no habitat. Objetivo: Assim, buscando o melhor entendimento da biologia e ecologia de Pimelodus maculatus esta pesquisa teve por objetivo verificar a composição dos recursos alimentares consumidos pela espécie na área de influência da UHE Foz do Chapecó. Metodologia: As coletas foram realizadas trimestralmente de junho a dezembro de 2007 em seis pontos amostrais no canal principal do rio Uruguai e sete em tributários, totalizado 13 pontos. As artes de pesca empregadas foram redes de espera de malhas 2, 3, 4, 5, 7 e 10 cm entre nós, com 10 metros de comprimento para riachos e lajeados e com 20 e 50 metros para os rios, além de redes feiticeiras malhas 4/20cm sobrepostas com 30 metros de comprimento e espinhéis com 50 anzóis. Após a despesca, identificação das espécies e obtenção das biometrias de rotina, os exemplares foram eviscerados e os estômagos fixados em formol 10% e, posteriormente, conservados em álcool 70%. No laboratório, o conteúdo de cada estômago foi analisado em microscópio estereoscópico para separação e identificação dos itens ao menor nível taxonômico possível, através do uso de manual de identificação. A obtenção do volume de cada item foi feito através da mensuração da área ocupada em mm², com o uso de placa de Petri milimetrada. Para análise dos itens foi utilizado o índice de constância de Dajoz (1973), onde os itens acidentais possuem freqüência inferior a 25% das amostras, acessórios entre 25% e 50% e constantes acima de 50% das amostras. Resultados: Foram analisados os conteúdos estomacais de 22 indivíduos, com ocorrência de 11 categorias de itens alimentares. O hábito alimentar do mandi amarelo neste estudo foi predominante insetívoro atingindo abundância de 63,25%. Entretanto, pode-se observar que a dieta consistiu-se de invertebrados, peixes, além de vegetais. A freqüência de insetos nos conteúdos estomacais também foram relevantes, abrangendo 50% dos indivíduos. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Tendo insetos como item mais abundante e freqüente em sua dieta, o Pimelodus maculatus demonstrou adaptação ao habito insetívoro com tendência a psicivoria, embora muitas pesquisas apontem para onívoria, com tendência a ictiofagia. Isso vem a fortalecer a idéia de que a espécie adapta-se a suas preferências alimentares e a disponibilidade de alimento encontrado em seu habitat.

 

PALAVRAS-CHAVE: Peixes, insetívoros, Rio Uruguai.

 

Fonte Financiadora: FAPE/Unochapecó, Art. 170, Foz do Chapecó Energia.

 



[1] Acadêmico do Curso de Ciências Biológicas – Grupo de Estudos Ambientais da Bacia Hidrográfica do Rio Uruguai – Unochapecó – jerri­_berto@yahoo.com.br

[2] Acadêmico do Curso de Ciências Biológicas – Grupo de Estudos Ambientais da Bacia Hidrográfica do Rio Uruguai – Unochapecó/Bolsista PIBIC/art170.

[3] Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais – Grupo de Estudos Ambientais da Bacia Hidrográfica do Rio Uruguai - Unochapecó.

[4] Doutora em Ciências Ambientais; Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais - Grupo de Estudos Ambientais da Bacia Hidrográfica do Rio Uruguai - CCAA/Unochapecó, Orientadora.

[5] Doutor em Química Orgânica; Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais - Grupo de Estudos Ambientais da Bacia Hidrográfica do Rio Uruguai - CCAA/Unochapecó, Docente.


Indique este Artigo enviando o Link:
http://www.crbiodigital.com.br/portal?txt=37773431


 retorna

 

  :: Pesquisa Artigos
contenha a palavra 
Regional 
Nome do(a) Biólogo(a) 


pesquisar



Copyright 2007  -   contatocrbiodigital@crbiodigital.com.br  -   privacidade