retorna
  :: Artigo selecionado
  ESTUDO DA FREQUÊNCIA DE INFECÇÃO PELO PAPILOMAVÍRUS HUMANO (HPV) EM UMA DETERMINADA POPULAÇÃO UNIVERSITÁRIA DE SÃO BORJA
09/05/2011
atualizado em: 11/07/2012

GABRIEL PANASSOLO REBES
RS - PORTO ALEGRE
Foi realizado um estudo prospectivo, transversal e descritivo de 116 mulheres universitárias que foram submetidas ao exame de Papanicolaou, no município de São Borja/RS.

Área(s) de Atuação que o Presente Artigo trata
Biologia
Saúde
Análises Citopatológicas
Análises Clínicas




UNIVERSIDADE INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS   MISSÕES

CAMPUS DE SANTO ÂNGELO



DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE

Especialização em Ciências Farmacêuticas - Diagnóstico Laboratorial



ESTUDO DA FREQUÊNCIA DE INFECÇÃO PELO PAPILOMAVÍRUS HUMANO (HPV) DIAGNOSTICADO
PELO EXAME CITOPATOLÓGICO EM UMA DETERMINADA POPULAÇÃO UNIVERSITÁRIA DE SÃO BORJA

 

A STUDY OF
THE FREQUENCY OF INFECCTION BY THE HUMAN PAPILLOMAVIRUS (HPV) DIAGNOSTICATED BY
THE CYTOPATHOLOGIC EXAM IN A DETERMINED 
UNIVERSITY POPOLATION OF SÃO BORJA


 

GABRIEL PANASSOLO REBÉS


 

RESUMO


Introdução: O câncer de colo de útero é um problema frequente de saúde pública, principalmente, em decorrência da crescente exposição a fatores de risco e da modificação de hábitos de vida da população. Ao contrário do que ocorre em países desenvolvidos, no Brasil a taxa de mortalidade por câncer de colo uterino é elevada, sendo estimados para o ano de 2010, 18.430 novos casos, com um risco estimado de 18 casos a cada 100 mil mulheres. Objetivo: O objetivo foi analisar um grupo de mulheres universitárias e seus respectivos exames citopatológicos para verificar a frequência de infecção pelo Papilomavírus Humano. Materiais e Métodos: Foi realizado um estudo prospectivo, transversal e descritivo de 116 mulheres universitárias que foram submetidas ao exame de Papanicolaou, no município de São Borja/RS. Resultados: Das 116 amostras citológicas analisadas 93,97% (109/116) eram negativas para malignidade; 5,17% (6/116) continham células escamosas atípicas e 0,86% (1/116) era insatisfatória para análise citopatológica. Dos exames citopatológicos que apresentam células escamosas atípicas, 2,59% (3/116) eram de Lesões intra-epiteliais escamosas (SIL); sendo 1,72% (2/116) lesõesintra-epiteliais escamosas de baixo grau (LSIL) e 0,86% (1/116) lesão intra-epitelial escamosa de alto grau (HSIL). Conclusão: Os resultados demonstraram a necessidade de um maior enfoque a prevenção secundária dessas lesões, na tentativa de minimizar aprevalência do câncer de colo uterino no Brasil.

PALAVRAS-CHAVES - câncer de colo de útero, citologia, epidemiologia.

 
SUMMARY

 Introduction:  The cervical cancer is a health public regular problem, mainly as a consequence of the increasing exposition of risking factors and of the transformations in the life habits of the population. Differently to what occurs in developed countries, the Brazilian mortality rate by cervical cancer is high, where for the year of 2010 are estimated 18.430 new cases; the estimated number is 18 cases for every 100 thousand women. Objetive: The aim on this paper was to analyze a group of university women and their respective cytopathological exams to verify the frequency of infection by the human papillomavirus. Materials used and Methods: A prospective, transversal and descriptive study was held with 116 niversity women that were submitted to the Papanicolaou, in the city of São Borja, located in the Estado do Rio Grande do Sul. Results: From the 116 cytological samplers that were analyzed, 93,97% (109/116) were negative to malignancy; 5,17% (6/116) had atypical squamlous cells and e 0,86% (1/116) was insignificant to the cytopathologic analysis.  From the cytopathologic exams hat presented atypical squamlous cells, 2,59% (3/116) were squamlous intraepithelial lesions; being  0,86% (1/116) squalous intraepithelial lesions of a low degree, and 16,67% (1/6) squamlous intraepithelial lesion of high degree. Conclusion: The results showed the necessity of a bigger attention concerning the secondary prevention of such lesions, at the attempt of minimizing the mortality cervical cancer rates in Brazil.


KEYWORDS – cervical cancer, cytology, epidemiology.



GABRIEL PANASSOLO REBES
RS - PORTO ALEGRE

Indique este Artigo enviando o Link:
http://www.crbiodigital.com.br/portal?txt=3777313432


 retorna

 

  :: Pesquisa Artigos
contenha a palavra 
Regional 
Nome do(a) Biólogo(a) 


pesquisar



Copyright 2007  -   contatocrbiodigital@crbiodigital.com.br  -   privacidade