retorna
  :: Artigo selecionado
  AVES DE RAPINA NO BAIRRO FAXINAL
07/07/2013
O artigo mostra um pouco do trabalho que foi desenvolvido no Bairro Faxinal com aves de rapina

Área(s) de Atuação que o Presente Artigo trata
Biologia
Meio Ambiente e Biodiversidade
Inventário, Manejo e Conservação da Fauna


PROJETO AVES DE RAPINA NA LOCALIDADE DO FAXINAL

PROTEÇÃO – PERMANECIA – PRESERVAÇÃO

 

RESUMO

 

Este projeto de pesquisa está relacionado às aves de rapina e teve como objetivo averiguar quais eram as espécies de aves rapineiras predominantes na localidade do Bairro Faxinal e ainda, verificar quais delas se encontram ameaçadas de extinção. Após o projeto ser aprovado, iniciou-se a pesquisa de campo que foi realizada por meio de observações e registro fotográficos. Estes dados juntamente com estudos realizados, possibilitaram a identificação das espécies encontradas no local e a definir se as mesmas estão ou não ameaçadas de extinção. Após estudos constatou-se que as aves de rapina encontrada na localidade do Bairro Faxinal, não estão ameaçadas de extinção. Mesmo assim, pelo fato que devemos proteger e preservar a vida nos ecossistemas, o pesquisador elaborou um folder informativo a comunidade onde foram localizadas as aves. Neste folder, o pesquisador abordou pontos de proteção e preservação das aves de rapina em seu habitat natural e o distribuiu nas comunidades pesquisadas do Faxinal com intenção de tentar orientar os moradores, sobre a importância da existência e permanência destas aves na região, já que algumas das espécies rapineiras fazem parte da lista de fauna ameaçada de extinção. Portanto conclui-se que o trabalho desenvolvido foi de extrema importância para a preservação das aves de rapina que habitam no local.

 

 

PROJETO AVES DE RAPINA NA LOCALIDADE DO FAXINAL

PROTEÇÃO – PERMANECIA – PRESERVAÇÃO

 

 

            Ave de rapina ou ainda aves rapineiras, é o nome dado as aves que raptam seu alimento.  Algumas são carnívoras de hábito noturno e outras de hábito diurno. Mesmo sendo consideradas predadoras, as aves de rapina só matam pela necessidade de se alimentar. Essa característica pode ser observada tanto nas espécies de habito noturno quanto nas espécies de hábito diurno. Sendo assim, estas espécies são de extrema importância para o equilíbrio da vida nos ecossistemas, pois estão diretamente ligadas a cadeia alimentar e ao equilíbrio biológico.

            Na maioria das vezes, estas aves se alimentam dos animais mais fracos ou doentes, pois, se tornam alvos fáceis ajudando assim a eliminar possíveis doenças que poderiam trazer grandes problemas mais tarde a espécie, e assim, garantem o bem estar das outras espécies.

            Segundo JONES (1998, p. 9): “A águia-castanha como as outras aves de rapina, geralmente apanham as presas doentes ou fracas porque elas são mais faceis de ser caçadas, o que garante a sobrevivencia de animais fortes e sadios.

            Muitas das aves de rapina, costumam se alimentar de uma variedade de ratos, fator importantissimo para o ser humano, pois controla o número de ratos existentes no planeta, ja que estes se reproduzem em grande quantidade podendo colocar varias ninhadas em um ano, além de transmitirem muitas doenças.

            CANTO (2009, p.135), destaca que: “Os ratos, as baratas e as moscas que vivem em lixões podem transportar nos seus corpos os microorganismos patogenicos. Assim, estes animais atuam como transmissores de doenças.

            Segundo CANTO (2009, p.177): “A coruja-da-igreja, tambem conhecida como suindara, é praticamente uma ratoeira voadora, pois segundo estimativas, em um ano, um único casal pode consumir até 3.700 ratinhos e mais de 6 mil insetos.” Com isso, estas aves desempenham um importante papel no equilíbrio biológico, além de reduzirem muitas espécies transmissoras de doenças com, por exemplo, os ratos.

            DIANTE deste pequeno texto, pode-se observar a grande importância da preservação e conservação dessas espécies na localidade do faxinal.

            O que torna bastante preocupante é o fato de não ter sido encontrado nenhuma das espécies de aves de rapina, consideradas em extinção pelo IBAMA, ou seja, nas espécies consideradas como VULNERÁVEIS pelo IBAMA, destacam-se o Gavião-miudinho (Accipiter superciliosus) Linnaeus, 1758; o Gavião pombo pequeno (Leucopternis lacernulatus) Temminck, 1827; a Águia-chilena (Buteo melanoleucus) Vieillot, 1819 e o Gavião-pega-macaco (Spizaetus tyrannus) Wied, 1820.

            Entre as espécies consideradas em PERIDO, destaca-se apenas o gavião-pato (Spizaetus melanoleucus) Vieillot, 1816. Já em relação às espécies que estão consideradas como CRITICAMENTE EM PERIGO, destacam-se do Gavião-cinza (Circus cinereus) Vieillot, 1816; a Águia-cinzenta (Harpyhaliaetus coronatus) Vieillot, 1817; o Urubu rei (Sarcoramphus papa) Linnaeus, 1758; a Coruja preta (Strix huhula) Daudin, 1800; o Gavião-real-falso (Morphnus guianensis) Daudin, 1800; a Harpia-gavião real (Harpia harpyja) Linnaeus, 1758; o Facão de peito vermelho ou laranja (Falco deiroleucus) Temminck, 1825; o Tauató-pintado (Accipiter poliogaster) Temminck, 1824 e o Gavião-de-penacho (Spizaetus ornatus) Daudin, 1800.

            Portanto, este trabalho visa orientar a comunidade local, para a proteção das aves de rapina, pois se estas desaparecerem do planeta, o número de ratos e insetos irá aumentar, possibilitando um maior índice de doenças nos seres humanos, ou seja, nossa saúde estará em risco, pois os ratos e insetos transmitem muitas doenças.

            Em seguida destacam-se as aves de rapina ameaçadas de extinção no Estado de Santa Catarina e algumas aves de rapina que foram encontradas no bairro Faxinal, e que também precisam ser protegidas, caso contrário, poderão fazer parte das espécies ameaçadas de extinção. Portanto, devemos PROTEGÊ-LAS! Elas não podem falar, e nós, devemos falar por elas.

AVES DE RAPINA AMEAÇADAS DE EXTINÇÃO EM SANTA CATARINA

Gavião-Miudinho Gavião Pombo Pequeno Águia-Chilena Gavião-Pato Gavião-Cinza
(Accipiter superciliosus) (Leucopternis lacernulatus) (Buteo melanoleucus) (Spizaetus melanoleucus) (Circus cinereus) Coruja Preta Águia-Cinzenta Gavião-Real-Falso Harpia-Gavião Real Gavião-De-Penacho (Strix huhula) (Harpyhaliaetus coronatus) (Morphnus guianensis) (Harpia harpyja) (Spizaetus ornatus) Facão De Peito Vermelho Ou Laranja Tauató-Pintado (Falco deiroleucus) Accipiter poliogaster)

AVES DE RAPINA ENCONTRADAS NA LOCALIDADE DO FAXINAL

Gavião Pinhé Gavião-de-cauda-curta Gavião Carcará Urubu-de-cabeça-preta Gavião Carijó
Gavião Tesoura Coruja Buraqueira Coruja Buraqueira Coruja Suindara

TEXTO: Adilson A. Ribovski e Andreia A. Ribovski


Indique este Artigo enviando o Link:
http://www.crbiodigital.com.br/portal?txt=3077333432


Imagens / Fotos do Artigo 
  GAVIÃO PINHE
  GAVIÃO DE CAUDA CURTA
  GAVIÃO TESOURA
  GAVIÃO CARCARA
  GAVIÃO PEGA-PINTO

 retorna

 

  :: Pesquisa Artigos
contenha a palavra 
Regional 
Nome do(a) Biólogo(a) 


pesquisar



Copyright 2007  -   contatocrbiodigital@crbiodigital.com.br  -   privacidade