retorna
  :: Notícia selecionada
06/02/2018  Unifap em destaque na reportagem d'O Globo como a universidade federal com menor custo por aluno.

O que não explicam, e que não pode ser ignorado, é que a Unifap é relativamente nova (por mais que estejamos nos 28 anos, há 10 anos tínhamos menos de um terço dos servidores atuais), então o gasto com pessoal ainda está em plena ascensão (tanto pelo aumento dos salários por conta de progressão/promoção funcional, quanto pelo emitente aumento dos aposentados). Se considerarmos que gastos com pessoal se aproximam a 70-80% do total, é fácil entender o impacto disso.

A ideia do professor Renato Pedrosa, como colocada na reportagem, de se focar investimentos em pessoal qualificado somente nos grandes centros promove a desigualdade regional e deve ser absolutamente refutada. Professor Tourinho, reitor da nossa vizinha UFPA e presidente da ANDIFES, acerta ao rechaçar a ideia e observar que todas as universidades do Norte tem custo abaixo da média nacional, e que apenas 5% dos programas de pós-graduação estão na Amazônia. E foi bastante feliz quando aponta que gastos com universidades federais devem ser vistos como investimento, e não despesa.

Enfim, o que se pode concluir é que precisaremos, e muito em breve, ser criativos e repensar a estrutura das universidades federais, para que possamos continuar garantindo não só o ensino público e gratuito, mas com foco na qualidade, e aumentando cada vez mais o retorno à sociedade.



Indique esta Notícia enviando o Link:
http://www.crbiodigital.com.br/portal?idNtc=3577393833


 retorna


 :: Pesquisa Noticias
contenha a palavra 

pesquisar
opções
avançada



Copyright 2007  -   contatocrbiodigital@crbiodigital.com.br  -   privacidade