retorna
  :: Notícia selecionada
31/05/2011  VII Semana do Meio Ambiente 2011: FLORESTA E CLIMA – PENSANDO ALÉM DAS COPAS
THIAGO PAIVA DE PAULA
MT - CUIABA

A Organização das Nações Unidas (ONU) declarou 2011 como o ano Internacional das Florestas. Por cobrirem 31% de toda a área terrestre do planeta e por terem responsabilidade direta na garantia da sobrevivência de 1,6 bilhões de pessoas e de 80% da biodiversidade terrestre, pela importância que têm para o planeta, elas merecem ser mais preservadas e valorizadas.

Imbuídos nessa temática, o Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) elegeu as florestas como tema central a ser abordado nas diversas discussões e atividades que ocorrerão durante a “VII Semana do Meio Ambiente 2011: FLORESTA E CLIMA – PENSANDO ALÉM DAS COPAS”.

O evento acontecerá de 01 a 03 de junho, com uma extensa programação, voltado para vários segmentos da sociedade, visando incentivar e dar visibilidade as ações que priorizem a conservação e a gestão sustentável de todos os tipos de florestas, além de mostrar à população que a exploração das matas, sem um manejo sustentável, pode causar uma série de prejuízos como a perda da biodiversidade, o agravamento das mudanças climáticas, migrações desordenadas para áreas urbanas e o crescimento da caça e do desmatamento ilegal.

Durante a edição 2011 da Semana do Meio Ambiente serão realizadas palestras, oficinas, capacitação, fórum de discussões e apresentações culturais, em programações diferenciadas que acontecerão nos Parques Estaduais Massairo Okamura e Mãe Bonifácia, além do Salão Nobre Clóves Vetoratto, no Palácio Paiaguás.

Mato Grosso não pode se esquivar da responsabilidade que lhe é posta pela sociedade global e local na problemática ambiental da atualidade. Assim, reiteramos a necessidade de unirmos esforços para atender as questões relacionadas ao tema, como o desmatamento, as queimadas, a garimpagem, o agropastoreio e a biopirataria, que representam os principais problemas ambientais enfrentados pelos nossos biomas.

O conjunto formado por essas ações devastadoras é responsável por graves mudanças climáticas em todo o planeta, como o aquecimento global e a perda de uma área estimada em 13 milhões de hectares de floresta todos os anos por práticas ilegais de acordo com o Food and Agricultural Organization (FAO), organismo ligado a ONU.

Acreditamos que a Semana do Meio Ambiente seja um espaço de comunicação entre poder público e sociedade civil, somando esforços já empreendidos para mudanças de comportamentos e atitudes ambientalmente corretas.


THIAGO PAIVA DE PAULA
MT - CUIABA

Indique esta Notícia enviando o Link:
http://www.crbiodigital.com.br/portal?idNtc=3077333837


 retorna


 :: Pesquisa Noticias
contenha a palavra 

pesquisar
opções
avançada



Copyright 2007  -   contatocrbiodigital@crbiodigital.com.br  -   privacidade